sábado, 10 de agosto de 2013

Que não seja por acaso!



Olá, a todos que de alguma forma vieram parar nesse blog!
Faz tempo que eu não posto, e fiquei preocupada de acharem que eu tivesse morrido,
então resolvi postar, pra dizer que não...
Estou aqui, viva e saudável, ainda não faço uso de coquetel... Deixei o emprego e voltei a estudar, estou tentando reconstruir a minha vida... Sabem aquela flor, que me curava a cada dia??? Rs não me cura mais. Sofri uma grande decepção amorosa, (O que tem feito eu escrever mais nos outros blogs do que nesse).
Em fim, voltando ao assunto do que me trouce a postar aqui. Venho, porque essa semana percebi que eu sempre disse: "Que nada nessa vida, acontece por acaso." Mas essa semana tive a prova disso, por testemunho de uma outra pessoa.
Eu à vi transformando uma tragédia ocorrida em sua vida, em benção. Em uma entrevista a surfista Bethany Hamilton disse:
"_ Deus está sendo louvado e glorificado em mim,e por mim, ele me usou como instrumento para dar testemunho de sua bondade!"
Não à vi, chorar e nem dizer como foi ou está sendo difícil, ela só agradeceu pelas maravilhas que conseguiu realizar após essa tragédia.
Ai me perguntei: E eu? O quê estou fazendo do que aconteceu comigo? Não escrevo mais, não dou esperança a ninguém, não uso o ocorrido como benção, como me comprometi a fazer de inicio... E você o que tem feito de tudo que vem acontecendo com você? São chances para acrescentar algo de bom em nossas vidas, e na de outras pessoas também...
Criei esse blog, poucos messes depois de ter sido contaminada com o vírus HIV. Pois sempre que eu buscava sobre o assunto na internet, só achava textos falando de termos técnicos sobre a doença e de como sobreviver á ela.
Não era isso, que eu queria! Qual é? Eu tinha acabado de ser contaminada, queria ver pessoas vivendo com isso, me mostrando que dava pra levar uma vida: longa, feliz e saudável. E já que não tinha quase ninguém pra falar sobre isso nos blogs resolvi criar um, e eu mesma falar do dia a dia. E mostrar quê, existe vida após a isso, e após a qualquer outra tragédia que possa vir acontecer com a gente!
Sendo assim vou voltar a escrever, e mais uma vez transformar a minha tragédia em benção, tem pessoas que gostam de livros de auto-ajuda com alguém dizendo como você deve se comportar, e superar, eu prefiro descobrir dia após dia, e transformar em crônicas e poesia...


Simone de almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário